terça-feira, outubro 20, 2009

RESPOSTA AO LEITOR - POR QUE SOU UM MALDITO DIREITISTA


Zek escreveu:

Gosto dos teus textos, confesso não ter lido todos e também que concordo com pouco do que li, mas ainda assim me arrisco a uma pergunta que você tem todo o direito de não responder, por que toda essa militancia pela direita?

Abraços

Caro Zek,

Não tenho problema nenhum em responder sua pergunta. Pelo contrário, faço-o com prazer. Tenho apenas uma dificuldade em responder. Não porque eu não tenha motivos para "militar pela direita", mas, justamente ao contrário, porque os motivos são muitos. Na verdade, mal sei por onde começar.

Eu poderia dizer que sou um direitista abjeto, um maldito reacionário e um porco liberal por causa dos cem milhões de mortos deixados pelo comunismo no século XX. Ou pelo caráter intrinsecamente totalitário ou pró-totalitário das esquerdas. Ou pela mentira inerente aos postulados marxistas. Mas isso seria esotérico ou acadêmico demais. Eu correria o risco de não ser entendido. Por mais que eu diga e repita esses fatos, sempre haverá quem não os entenda, ou que os interprete de forma errada, da maneira que lhe for mais conveniente.

Eu também poderia dizer que, como ex-simpatizante de uma seita trotskista quando criança, tive a oportunidade de conhecer a partir de dentro o que pensam e como agem os esquerdistas, e que aprendi todos os truques deles. Mas isso seria demasiado pesssoal.

Creio que meus textos falam por si mesmos: basta lê-los e tentar rebater o que está lá escrito para saber o porquê de minha opção política e moral (ou ideológica, como queira). Mas compreendo que algumas pessoas jamais entenderão. Compreendo que, para essas pessoas, criticar a esquerda, dizer-se abertamente anticomunista e de direita, é algo que só pode causar espanto e estupefação, só pode ser explicado por alguma associação obscura, pela defesa de interesses políticos e econômicos inconfessáveis etc., ou por algum problema de ordem social, mental ou sexual, e não pelos fatos e argumentos. Compreendo isso perfeitamente. Assim como compreendo por que esse tipo de insinuação quase nunca é feito no caso dos esquerdistas, embora muitas vezes corresponda à realidade. Quem é de esquerda sempre o será por um profundo senso de justiça e de igualdade, por idealismo ou por puro amor à humanidade; quem é de direita, só o é porque defende interesses escusos, porque é um agente do imperialismo e lacaio de Wall Street, ou porque é um extremista ou um doido varrido... Para muitas pessoas, é impossível que alguém critique a esquerda com base em sua própria consciência, por puro amor à verdade.

Creio que o simples fato descrito acima é suficiente para justificar uma atitude crítica em relação à esquerda. Mas acho que a melhor maneira de responder sua pergunta é contando uma história.

Certa vez, nos anos 60, o dramaturgo e cronista Nelson Rodrigues foi perguntado, em uma entrevista, por que ele se declarava abertamente um reacionário, destoando, assim, da esmagadora maioria. A resposta de Nelson Rodrigues foi a seguinte: "Sou um reacionário porque valorizo a liberdade, porque não sou stalinista. Os comunistas dizem que o comunismo é o futuro. Se é assim, então eu sou o passado, sou a reação, sou a Idade Média".

Acho que essas palavras, se lidas de forma adequada, são suficientes para explicar minha "militância de direita". Sou um direitista, um conservador, um anticomunista, porque prezo, acima de tudo, a liberdade. Porque, diante de Marx, Lênin, Stálin, Mao Tsé-tung, Fidel Castro, Hugo Chávez e Lula, eu sou o passado, sou a Idade Média, sou a Antiguidade. Quantas pessoas você conhece que têm a coragem de dizer algo parecido?
.
Outro motivo por que eu sou um verme desprezível e um inimigo do povo é a inexistência de qualquer partido ou movimento político no Brasil que se possa chamar, com todas as letras, de "de direita". Já escrevi aqui, e pretendo escrever mais, sobre esse estranho fenômeno. Há, no Brasil, partidos de todos os tipos - esquerdistas, socialistas, comunistas, dinheiristas etc. -, mas, "de direita", não. Ou vai me dizer que o PSDB e o DEM são partidos de direita? (O simples fato desses marxistóides envergonhados e clube de dondocas serem considerados "de direita" demonstra o baixo nível político-ideológico da política brasileira e a ditadura mental esquerdista a que estamos submetidos.)
.
Enfim, sou "de direita" porque sou contra toda forma de tirania, de ditadura, de totalitarismo, seja comunista ou fascista - inclusive, e principalmente, o fascismo de esquerda.

Respondi sua pergunta?

3 comentários:

Zek disse...

Respondeu com toda a clareza rsrs , e respondendo a sua nimguem ou quase teria coragem de criticar abertamente ou se colocar contra o nosso "Lulinha" , o mesmo não vale para o Fidel, Chavez e etc , generacion y que não me deixa mentir.

Obrigado.

Cesar disse...

Estou satisfeito de ter encontrado este blog, afinal procurava algo na web com este teor já há algum tempo.

Em particular, com relação a este texto, gostei do trecho:
"(...)eu sou um verme desprezível e um inimigo do povo é (...)

Cético Sincero disse...

Porquê principalmente o facismo de esquerda? É mais do que válido vozes que se levantam contra erros do governo atual, mas é uma contribuição involuntaria a este o radicalismo e extremismo que muitas vezes a direita se levanta. Um pouco de autocritica e reconhecimento das limitações de uma política liberal e "capitalista" seriam saudável e levaria sim uma opção para quem vê na esquerda uma solução para as injustiças (o que não é e nunca foi). É possível ser assalariado e ser de direita? Ser trabalhador braçal, operário, ganhar menos de 5 salários e ser de direita? Um governo de direita pode enfrentar de frente mazelas sociais e ser mais eficaz do que o populismo de esquerda? Diminuição da miséria, Saúde, educação, moradia para os trabalhadores pode realmente serem conquistados em um governo de direita, (sem demagogia, promessas vazias ou manipulação numérica - como em governos atuais) São questões como esta que deveriam ser mais exploradas se realmente se quer fazer frente aos vendedores de sonho.....