quarta-feira, março 10, 2010

A HORA DOS RUMINANTES


Alguém aí falou em respeitar a legislação?
.
.
Um energúmeno tentou fazer uma graça. Eis o que zurrou o zé-mané sobre as barbaridades ditas pelo Apedeuta sobre Cuba, sua ditadura do coração:

Isso não deveria causar-lhe revolta, você apoia um homem como George Bush, que faz o mesmo, mudou a legislação para poder prender deliberadamente qualquer que fosse tido como suspeito de terrorismo sem prévio aviso, sem julgamento, me diga o porque do estranhamento, em tres anos teremos Sarah Pallin e tudo voltará como a era Bush.

Publicar este comentário.
Recusar este comentário.


RESPONDO:
.
Caro quadrúpede,

.
Vou escrever de um jeito que, acredito, até você poderá entender. Pare um pouco de comer capim, tente equilibrar-se sobre os dois membros inferiores e preste atenção.
.
Não apóio "o homem" George Bush. Quem apóia homens são parentes, esposas ou amantes. Ou seguidores de figuras messiânicas, como um tal Luiz Inácio defensor de tiranias. Apoiei e apóio, isso sim, a luta contra os terroristas islamitas, a derrubada de uma ditadura teocrática medieval no Afeganistão e de um tirano sanguinário no Iraque (onde, aliás, ocorreram ontem eleições livres e democráticas - quando isso vai ocorrer em Cuba?). Sei que isso parece incompreensível para você. Afinal, tiranias, assim como terroristas, devem ser, em sua opinião, não combatidas nem derrubadas, mas respeitadas, como disse o Apedeuta lambe-botas de assassinos.
.
Deixe-me ver se entendi... Então Bush "faz o mesmo" que os irmãos Castro em Cuba, foi isso mesmo que você disse? Nesse caso, segundo esse seu raciocínio herbivoro, você terá de me responder as seguintes perguntas. Vamos ver se você é capaz.
.
- Onde é que existem presos políticos, prisioneiros de consciência, presos por discordarem do regime: em Cuba ou nos EUA? Cite o nome de um jornalista preso por falar mal do Bush ou da Sarah Palin (ou mesmo do Obama).
.
- Onde é que PRESOS DE CONSCIÊNCIA são torturados, a ponto de morrerem após lhes ter sido negada água em uma greve de fome: em Cuba ou nos EUA? A propósito: cite um caso de algum detido em Guantánamo que perdeu a vida.
.
- Por falar em Guantánamo, diga que país tem umas duzentas guantánamos, cheias de gente presa por discordar do regime (crime de opinião). (Dica: fica perto dos EUA, e é governada há mais de cinqüenta anos por uma dupla que já despachou uns 100 mil para o além.)
.
- Onde, em que país, uma ditadura se estende há 51 anos: em Cuba ou nos EUA? (Essa é facinho, vai...)
..
Finalmente, tente responder esta:
.
- Qual crime, qual delito, qual atentado terrorista cometeu ORLANDO ZAPATA TAMAYO para ter sido preso e fazer greve de fome até morrer? Assim como todos os outros opositores cubanos atualmente em greve de fome contra a castradura cubana: que crime eles cometeram? Mataram alguém? Assaltaram bancos? Explodiram bombas? Seqüestraram?
.
Aí está. Responda a qualquer uma dessas perguntas e eu passo a fazer como Luiz Inácio: digo que os Castro têm o direito de prender, arrebentar e fuzilar quem quiserem, e que todos os que se opõem a isso são bandidos.
.
Outra coisa: não sei o que você, caro leitor ruminante, entende por "estranhamento". Da minha parte, não estranhei em nada as declarações do Apedeuta sobre as vítimas de sua ditadura preferida. Fico com ânsia de vômito, claro, mas o que esperar de alguém que acha que Honduras é uma ditadura, que dá abrigo a terroristas condenados, que apóia incondicionalmente Hugo Chávez e defende as ambições nucleares de um maluco genocida como Mahmoud Ahmadinejad? Por que eu estranharia mais essa declaração de amor do Aiatolula ao totalitarismo?
..
"Mas Gustavo, por que você perde seu tempo respondendo os comentários de um imbecil como esse? Não percebe que é mais um desocupado idiota que quer apenas lhe provocar?" Mesmo assim respondo. Primeiro: porque esse tipo de imbecilidade, infelizmente, está nas altas esferas do governo atual. Segundo: porque a estupidez humana precisa ser exposta. Esta é a melhor maneira de combatê-la. Terceiro: porque a vergonha é dele, não minha.
.
***
P.S1:Em suas declarações sobre os dissidentes cubanos, Lula afirmou que é preciso respeitar a legislação cubana. Nesse caso, está obrigado a reconhecer que sua prisão, em 1980, foi perfeitamente justificada. Afinal, era a legislação da época, não era?
.
P.S2: O ministro das Relações Extravagantes, digo Exteriores, do governo Lula, Celso Amorim, tentou justificar em entrevista o que seu chefe disse sobre Cuba, dizendo que, ao criticar a greve de fome dos opositores da ditadura castrista, ele estava, na verdade, fazendo uma "autocrítica" por já ter participado de uma greve de fome quando esteve preso. A "greve de fome" de Lula foi uma palhaçada, à base de comida contrabandeada e balas Paulistinha, e hoje é lembrada por seus hagiógrafos como parte da lenda do "filho do Brasil". Orlando Zapata Tamayo morreu após definhar de fome e sede, sem direito sequer a um copo d'água. De que "autocrítica", portanto, Amorim estava falando?
.
P.S3: Na mesma entrevista, Amorim deu a entender que, se os EUA retirarem o embargo a Cuba, a ilha se tornaria uma democracia. Além de não explicar que relação existiria entre o embargo norte-americano - que não impede outros países de comerciarem livremente com a ilha - e a ditadura cubana, o chanceler de Lula praticamente repetiu o irmão-ditador Raúl Castro, que culpou - adivinhem quem - os EUA pela morte de Zapata Tamayo. Para Amorim, assim como para Lula, só existem presos políticos em Cuba porque os EUA querem.
.
É esse tipo de gente que governa o Brasil. E há quem os considere pessoas decentes e democratas.
.

Um comentário:

EDSON . disse...

Bom dia, essa foto do Lula com o boné dos sem terra consolida a ele, o status de ridiculo, sem contar á banalização tremenda por esse ato infantil.
Além também da apologia ao crime, por serem esses sem terra uma verdadeira quadrilha de bandidos e terroristas.
Como pode o povo brasileiro ser tão trouxa a ponto de não conseguir enxergar as coisas do jeito que elas são.
Parabéns seu blog é ótimo.